31 de dez de 2011

Purê de batatas espanhol

Comi esse purê de batatas em Ávila, outra cidade espanhola que visitei. O nome em espanhol da receita típica da cidade é Patatas Revolconas con Torreznos e à primeira vista não parece ter o sabor que tem. As batatas são cozidas junto com cebola e páprica, que temperam perfeitamente este purê!

Ingredientes:

1 kg de batatas
1/2 colher (sopa) de páprica doce
1/2 colher (sopa)de páprica picante
1 cebola picada
2 colheres (sopa) de azeite
3 dentes de alho
toucinho a gosto
sal a gosto

Preparo:

Descasque e corte as batatas em pedaços grandes. Reserve. Aqueça 1 colher de azeite em uma panela e refogue a cebola por 5 minutos. Acrescente as batatas picadas, refogue por mais 5 minutos e coloque água até cobri-las. Enquanto cozinha, vá revolvendo as batatas na panela para que desmanchem mais rápido. Cozinhe as batatas até que a água evapore e as batatas estejam cozidas. Misture-as para que acabem de desmanchar. Acrescente as pápricas e o sal.

Em outra panela, aqueça 1 colher de azeite, junte o alho picado e deixe-o fritando por cerca de 3 minutos. Quando começar a queimar, retire-o. Frite o toucinho nesse azeite até que esteja crocante. Escorra-o e sirva-o junto com o purê de batatas.



Foto por Herlandes Tinoco

E um pouquinho de Ávila, uma cidade que ainda conserva suas muralhas e que hoje limitam o centro histórico.

Fotos por Herlandes Tinoco

29 de dez de 2011

Azeites Espanhóis

Estava visitando Toledo, uma cidade espanhola bem medieval e a antiga capital do país, e em um dos becos do centro histórico me deparei com uma lojinha chamada Museu do Azeite. Como não entrar?
Como todo brasileiro se reconhece em qualquer canto, perguntando sobre os azeites, a proprietária veio contar que era de Porto Alegre. O melhor é que a Fernanda tem um blog e lá nos conta tudo sobre azeites. Visitem!

Abaixo os produtos que adquiri em meio a tantos maravilhosos: molho de framboesa com vinagre e seleção de azeites de Melgarejo.




Fotos por Herlandes Tinoco

E abaixo Toledo:






Fotos por Herlandes Tinoco







27 de dez de 2011

Bacalhau Assado com Batatas ao Murro

Receitas com bacalhau sempre são maravilhosas e com esta não é diferente! O bacalhau da foto foi assado na brasa, mas no forno também fica muito bom. A receita é simples: o bacalhau depois de assado deve ser banhado no azeite quente e por cima deve ser salpicado coentro. As batatas ao murro são o acompanhamento perfeito para esse prato!

Ingredientes:

2 postas de bacalhau
4 dentes de alho picados
1 colher (sopa) de coentro picado
azeite a gosto

Batatas ao murro:

4 batatas médias
sal grosso a gosto
pimenta do reino a gosto

Preparo:

Dessalgue o bacalhau no dia anterior ao do preparo, trocando a água pelo menos 3 vezes. Segundo os portugueses, a água da troca deverá estar na mesma temperatura da que está com o bacalhau, portanto, quando for colocar o bacalhau dentro de uma vasilha com água e levar para gelar, leve à geladeira também outra vasilha somente com água. Quando for trocar a água do bacalhau, use a água que está na geladeira para que a temperatura seja a mesma. A cada troca, coloque outra vasilha com água na geladeira para que possa ser repetido o procedimento.

Após dessalgar, escorra o bacalhau e coloque em uma assadeira untada com azeite. Cubra com papel alumínio e leve ao forno por 10 minutos. Retire o papel e asse por mais 5 minutos.

Esquente o azeite em uma panela e frite o alho nesta. Cubra o bacalhau com o azeite quente, o alho picado e salpique coentro picado.

Lave as batatas e leve para cozinhar com a casca por 10 minutos na água (ou vapor) ou 5 minutos no microondas. Escorra-as, dê um murro para amassá-las de leve, salpique pimenta do reino e leve-as ao forno cobertas com o sal grosso até que espetando um garfo estejam macias. Sirva como acompanhamento.


Foto por Herlandes Tinoco

22 de dez de 2011

Castanhas Portuguesas

Castanhas portuguesas acho que todo mundo conhece e sempre são vendidas na época do Natal. O preparo varia um pouco conforme o gosto: já comi cozida na panela de pressão junto com carne, assada, cozida e depois assada, mas não tinha provado as  castanhas assadas na brasa. Com o fogo bem quente, cinco minutos são suficientes para que elas cozinhem na medida certa: a casca fica solta e sem esforço você as retira ainda quentes. 

Ainda durante o preparo, elas são polvilhadas com um pouco de sal, o que não as torna salgadas demais. Como são vendidas na rua, o cheiro se espalha por todo o quarteirão. Bom demais!!

Olha aí o preparo e o resultado:





Fotos por Herlandes Tinoco


20 de dez de 2011

Mousse de Amêndoas

Essa mousse é uma adaptação de uma receita da Nigella, fácil e bem versátil. Estou também chamando de mousse como ela, mas seria mais um chantilly saborizado. 

É só bater o creme de leite fresco até o ponto de chantilly e acrescentar açúcar e licor de amêndoas enquanto bate.

Fica ótima servida com biscoitos quebrados (como na foto) ou acompanhando bolos, frutas assadas, rabanadas ou mesmo sorvete.

Ingredientes:

480 ml de creme de leite fresco
2 colheres (sopa) de açúcar refinado
30 ml de licor de amêndoas
12 biscoitos de amêndoas (ou cookies)

Preparo:

Bata o creme de leite fresco em uma batedeira, adicionando o licor e o açúcar durante o processo. Forre o fundo de uma taça com o biscoito quebrado, coloque a mousse e cubra com mais biscoito quebrado.


Foto por Herlandes Tinoco


19 de dez de 2011

Sintra

Estava visitando Sintra, uma cidade portuguesa muito charmosa e cheia de castelos. Em meio a uma chuva que estava começando, resolvi parar em uma portinha com o nome de Cantinho Gourmet.

A loja é cheia de produtos caseiros como queijos, licores, geléias, azeites, vinagres, temperos, vinhos e doces, todos degustados e acompanhados da explicação do simpático proprietário João Paulo, que deu uma verdadeira aula. É ele quem ensina como tomar um licor de amêndoas:

"Tome o licor bem gelado e coloque algumas gotinhas de limão no copo para quebrar a doçura."

Vejam se dá para resistir:



Queria levar a loja inteira, mas como não tinha jeito fiquei com flor de sal aromatizada (ervas e limão), vinagre de mel, licor de amêndoas, creme de vinho do Porto e molhos de vinagre com pimenta e de vinagre com figo e canela.

E um pouco da cidade:


Palácio Nacional

Castelo dos Mouros

Castelo da Pena 

18 de dez de 2011

Peito de Peru com Molho de Chutney de Manga

A maior parte das receitas de Natal que faço leva frutas ou um molho mais doce. Se tem uma época para comida agridoce, acho que é esta.

O peito de peru foi temperado com ervas e vinho branco e assado em forno baixo. O molho é bem simples, pode ser feito com sabores diferentes e acrescenta um colorido ao prato.

Como tinha sobrado chutney de manga em casa, aproveitei para o molho, mas pode ser feito com geléia de damasco, pêssego ou figo também!

Ingredientes:

1 peito de peru sem pele e sem osso
200 grs de bacon
1 colher (sopa) de alecrim seco
1 colher (sopa) de manjericão picado (ou seco)
2 xícaras (chá) de vinho branco seco
1/2 xícara (chá) de vinagre
sal  e pimenta do reino a gosto

Molho:
1 xícara (chá) de chutney de manga (ou geléia de damasco ou figo)
1/2 xícara (chá) de vinagre
1 xícara (chá) do caldo da assadeira do peito de peru

Ingredientes:

Tempere o peito de peru com sal e pimenta a gosto. Reserve. Pique o bacon, o alecrim e o manjericão. Bata-os no liquidificador com os ingredientes restantes até ficar homogêneo. Coloque o peito de peru em uma assadeira e pincele todo o tempero. Cubra com papel alumínio e asse por 2 horas, regando-o, às vezes, com o tempero. Se o caldo secar, acrescente um pouco de água. Retire o papel alumínio e asse por mais 40 minutos ou até dourar. Corte em fatias.

Para o molho, junte o chutney, o vinagre e o caldo da assadeira coado e leve para ferver por 5 minutos. Sirva a parte.


Foto por Herlandes Tinoco


16 de dez de 2011

Férias!!!

Finalmente minhas tão esperadas férias chegaram!! Esse ano passo o Natal e Reveillon longe da família e de amigos, mas em compensação vou conhecer novos lugares, culturas e principalmente nova culinária! Durante esse período, as postagens do blog foram programadas com sugestões de receitas diversas e de Natal.

Intercalando com as receitas, vou colocar as maravilhas que ando comendo por aqui. Espero conseguir reproduzi-las quando voltar!

Ontem em Lisboa e hoje em Sintra foi a vez da pastelaria: bolo de nozes, pastel de natas, sonhos, pudim de claras, queijadinha, travesseiro, tortas e folhados. Como são bons e como há pastelarias e leiterias nessas cidades! Impossível não ficar tentada com as vitrines a cada esquina!


Travesseiros 

Mil folhas
Pastel de natas
Queijadinha e Torta de maçã









15 de dez de 2011

Bacalhau à Maurício e Amizades

Essa receita de bacalhau à Maurício é daquelas de família, que é feita na casa da tia, faz o maior sucesso e todo mundo copia! Não sei se a denominação é essa mesmo, mas é assim que chamamos.

Pode parecer estranho tanta batata palha na receita, mas quando ela é aquecida e misturada ao bacalhau, à cebola e ao molho branco, você não consegue perceber que se trata de batata palha. Receitinha de fácil preparo e de um sabor maravilhoso!

Foi esse o prato que escolhi para o anual almoço de Natal (antecipado) com amigas queridas. Nosso almoço de Natal já vem ocorrendo desde a faculdade e a partir desse ano tem um novo integrante! Finalmente uma de nós teve um baby lindo! Quem sabe ano que vem não aumenta?

Ingredientes:

1 kg de bacalhau desfiado dessalgado
1 1/2 kg de cebolas em rodelas
2 kgs de batata palha
azeite a gosto
1 caixinha de creme de leite

Molho Branco:
1 litro de leite
noz moscada a gosto
1/2 colher (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de farinha de trigo

Preparo:

Em uma panela grande, refogue a cebola no azeite até amolecer (cerca de 10 minutos). Junte o bacalhau e misture. Acrescente a batata palha aos poucos e mexa por 5 minutos.

Faça o molho branco: derreta a manteiga em uma outra panela, acrescente a farinha e mexa bem rápido. Acrescente o leite e continue batendo rápido (com um fouet ou garfo) para que não empelote. Acrescente noz moscada a gosto.

Unte um refratário com azeite e vá colocando camadas alternadas de bacalhau e moho branco. Finalize com o molho branco, espalhe creme de leite por cima e leve ao forno por 30 minutos.


Foto por Herlandes Tinoco



14 de dez de 2011

Canapés de Blanquet de Peru e Chutney de Manga

Esses canapés são facílimos, saborosos e leves! É só espalhar um pouco de chutney de manga já pronto (esse que usei é o da Queensberry) em uma torrada, cobrir com um pedaço de blanquet ou peito de peru e decorar com uma folhinha de manjericão.

Receita adaptada daqui.


Foto por Herlandes Tinoco

12 de dez de 2011

Muffins de Maçã e Cranberry

Resolvi testar outra receita do livro Baking da Martha Day. Muffins são uma ótima opção para casa de pouca gente: além da receita ser pequena, acabamos não resistindo a pegar um bolinho e sair comendo.

Receitas de muffins são bem práticas, pois não é necessário usar batedeira ou liquidificador. Em meia hora você tem o aroma desses bolinhos de maçã e cranberry pela casa.

Ingredientes:


50 grs de manteiga sem sal derretida e fria
1 ovo
1/2 xícara (chá) de açúcar refinado
125 ml de suco de laranja
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (chá) de canela em pó
1/4 colher (chá) de noz moscada em pó
1/4 colher (chá) de gengibre em pó (opcional)
1/4 colher (chá) de cravo em pó
1 pitada de sal
1 maçã picada sem casca
100 g de cranberries secas
2 colheres (sopa) de amêndoas ou nozes picadas
açúcar de confeiteiro para polvilhar


Preparo:

Pré-aqueça o forno a 180 graus. Em uma tigela, bata o ovo com um garfo e misture a manteiga já fria. Adicione o açúcar e o suco de laranja. Misture. Peneire os ingredientes secos (farinha, fermento, bicarbonato, cravo, canela, noz moscada, gengibre e sal) e incorpore-os à mistura anterior. Junte as maçãs, as amêndoas e as cranberries. Toda a massa deve ser misturada levemente, na mão, sem bater muito. Coloque forminhas de papel para muffins dentro de uma assadeira para muffin com capacidade para 1/2 xícara de chá e encha até completar 3/4 da capacidade da forminha de papel. Asse em forno pré-aquecido por 30 minutos. Depois de frio, polvilhe açúcar de confeiteiro. 
Rendimento: 8 unidades.

Foto por Herlandes Tinoco

11 de dez de 2011

Farofa de Damascos

Essa farofa acompanha qualquer ave (chester, peru), tender ou pernil no Natal. A receita não tem segredo e é bem conhecida, mas é sempre bom repeti-la para ser lembrada!!

Ingredientes:

1/2 cebola picada ou ralada
300 grs de farinha de mandioca (crua ou torrada)
200 grs de bacon picado
200 grs de azeitonas verdes picadas
150 grs de damascos picados
1 colher (sopa) de manteiga
sal e pimenta do reino a gosto


Preparo:

Derreta a manteiga em uma panela, frite o bacon e acrescente a cebola. Mexa até dourar. Coloque as azeitonas e os damascos e misture bem. Acrescente a farinha de mandioca e mexa por 5 minutos. Tempere a gosto.


Foto por Herlandes Tinoco


10 de dez de 2011

Peru assado com cachaça e Purê de Maçã

Peru assado é tradicional do Natal e cada um tem sua maneira de preparar. Como hoje em dia é fácil comprar o peru já temperado, nessa receita optei por apenas marinar de um dia para o outro na mostarda e na cachaça.

A sugestão aqui é mais o acompanhamento: purê de maçã, que usei para substituir as frutas em calda que geralmente são servidas nas ceias. Fica delicioso e é fácil e rápido de ser preparado!

Ingredientes:
 
1 peru limpo de 4 a 5 kg temperado
400 ml de cachaça
3 colheres (sopa) de mostarda

Purê de Maçã:
5 maçãs
suco de 1/2 limão
150 grs de açúcar
6 cravos

Preparo:

Coloque o peru limpo e temperado no refratário que irá ao forno. Espalhe a mostarda e regue com a cachaça. Deixe na geladeira de um dia para outro. Cubra com papel alumínio e asse em fogo baixo (180 graus) por cerca de 3 horas. De vez em quando, abra o forno, retire o papel e regue o peru com o caldo. Se o caldo secar, adicione mais cachaça. Tire o papel alumínio e asse mais 1 hora.

Para o purê de maçãs, descasque as maçãs, retire as sementes e deixe-as de molho em um pote com água e suco de limão para que não escureçam enquanto são picadas. Em uma panela, coloque as maçãs escorridas, o açúcar, os cravos e complete com água até cobrir as maçãs. Cozinhe até que elas estejam macias (15 a 20 minutos), mexendo de vez em quando. Assim que estiverem cozidas, bata-as no liquidificador, sem os cravos e, a princípio, sem o caldo. Se precisar, acrescente um pouco do caldo para bater. Sirva como acompanhamento do peru.


Foto por Herlandes Tinoco

7 de dez de 2011

Linguicinhas agridoce

Fui testar a receita da Nigella de linguicinhas agridoce e foi um desastre! Levava mel com shoyu, virou um melado que grudou no refratário, ficou seca e dura por fora, enfim, não deu muito certo.

De forma contrária, a receita abaixo é de uma facilidade e sem chance de não ficar boa! As fatias de linguiça são cozidas na sidra e o resultado é um aperitivo saboroso, agridoce, daqueles que você não consegue parar de comer!! Ótimo para acompanhar uma cervejinha gelada!

Ingredientes:

1 kg de linguiça tipo calabresa fininha
1 garrafa de sidra

Preparo:

Corte as linguiças em fatias finas e leve para cozinhar na sidra, em fogo baixo, até secar todo o líquido. Fácil, né?

Foto por Herlandes Tinoco








5 de dez de 2011

Torta Mousse de Chocolate

Já comentei aqui sobre o livro 500 tortas doces & salgadas, mas vale a pena falar de novo, já que nesse quase todas as receitas são maravilhosas!

A escolha dessa semana foi uma Torta Mousse de Chocolate feita com massa de biscoito wafer, uma camada fina de ganache de chocolate meio amargo e uma considerável quantidade de mousse de chocolate! 

Adaptei a receita um pouco para uma forma mais prática e barata, derretendo o chocolate no microondas e usando creme de leite de caixinha ao invés do fresco em parte da receita. Também optei por acrescentar a gelatina sem sabor para ficar um pouquinho mais firme. O preparo é grande, mas é tranquilo e o resultado compensa!

Ingredientes:

Base:
1 pacote de biscoito wafer de chocolate
70 grs de manteiga sem sal derretida
2 colheres (sopa) rasa de farinha de trigo
1 colher (sopa) de açúcar

Ganache de chocolate 1/2 amargo:
1 caixinha de creme de leite
130 grs de chocolate 1/2 amargo

Mousse de chocolate ao leite:
1 caixinha de creme de leite
180 grs de chocolate ao leite
500 ml de creme de leite fresco
1 colher (chá) de essência de baunilha (opcional)
uma pitada de sal
6 grs (1/2 pacotinho)de gelatina em pó sem sabor

Suspiros prontos
chocolate em pó para polvilhar

Preparo:

Base:
Triture os biscoitos com a mão e misture a farinha, a manteiga derretida e o açúcar. Pressione a massa sobre a base de uma forma removível de 23 cm, começando do centro para fora até cobrir o fundo da forma. Asse em forno pré-aquecido por 15 minutos. Deixe esfriar na forma.


Ganache:
Pique o chocolate, leve ao microondas por 15 segundos em potência alta. Retire, misture e volte ao microondas por mais 15 segundos. Novamente retire, misture e volte por mais 20 segundos. Retire e misture até o chocolate derreter por completo. Acrescente o creme de leite e incorpore. Espalhe sobre a base da torta e leve para gelar por 2 horas.

Mousse:
Faça o mesmo procedimento com o chocolate ao leite, derretendo-o no microondas e misturando o creme de leite de caixinha. Junte o sal, a baunilha e a gelatina sem sabor hidratada conforme instruções da embalagem. Misture novamente. 
Bata o creme de leite fresco na batedeira até o ponto de chantilly e incorpore a mistura de chocolate derretido. Espalhe sobre a ganache (após esta estar firme e ter ficado duas horas na geladeira).



Leve para gelar também por 2 horas. Depois de gelada, espalhe os suspiros sobre a mousse e polvilhe chocolate em pó.


                                  Fotos por Herlandes Tinoco






3 de dez de 2011

Aperitivo de chancliche

Esse aperitivo comi na casa de um amigo e sempre faço-o, pois é prático e delicioso!

Disponha em uma tábua ou prato tomate seco picado, folhas de manjericão e queijo chancliche. Em um cesto, coloque fatias do pão que preferir (italiano, ciabatta, baguete). Espalhe um pedaço do queijo sobre a fatia de pão, coloque um pedaço de tomate seco e folhas de manjericão. Regue com azeite.

Deixe os ingredientes a disposição em um prato ou tábua. A idéia é cada um montar o aperitivo.



                                                                                    Foto por Herlandes Tinoco






Natal

O Natal já está praticamente aí e apesar de não passar em casa esse ano, pretendo comemorá-lo antecipadamente.

Sempre escuto as pessoas falarem que Natal é desculpa para consumismo, um pretexto para a troca de presentes, mas pra mim é muito mais. Sem querer entrar no significado cristão, acho que o Natal é uma época em que o melhor das pessoas vem à tona; parece que todos estão mais próximos. É o momento em que você se lembra de todos que são importantes na sua vida e tenta mostrar isso para eles. Tudo bem que isso deveria ser uma constante na vida, mas nem sempre é.

Curto muito enfeitar a casa, pensar no que fazer para a ceia, escolher os presentes, entrar no clima natalino e aproveitar essa época! Além disso, ainda tenho a desculpa perfeita para as receitas especiais com nozes, cerejas, avelãs, especiarias, enfim, aquelas que você guarda só para fazer no final do ano!

Os post das receitas que vou sugerir para o Natal vão vir com o marcador Natal no final, sejam elas bolos, aperitivos, pratos, bebidas ou sobremesas. Serão todas testadas novamente antes de serem postadas. 

Bom Natal para todos!



                                        Fotos por Herlandes Tinoco